55 11 5017 - 4208
55 11 5083 - 6409
55 11 9.8822-2775 Confidere Odontologia

A hora certa de levar a criança ao dentista

Ao nascer, o recém-nascido passa por uma série de exames de rotina, para detectar problemas de mal formação e doenças congênitas. É através dos exames do pezinho, do ouvidinho e do olhinho que problemas sanguíneos, auditivos e visuais são precocemente diagnosticados e podem ser tratados com melhor prognóstico (chance de sucesso). Não é diferente com a boca do bebê. 

O recém-nascido deve ser avaliado, ainda nos primeiros 15 dias de vida, por um odontopediatra. Nessa consulta, o dentista irá avaliar a cavidade bucal do bebê quanto a presença de freio lingual curto (que pode prejudicar a mamada), presença de dentes natais (o recèm nascido já nasce com dentes) ou outras anomalias bucais. Somente o dentista especialista em crianças é capaz de definir a conduta de tratamento correta, ou seja, se é indicada a frenectomia, uma pequena cirurgia que aumenta a mobilidade da língua favorecendo a capacidade do bebê mamar ou não. No caso da presença de dentes natais, o odontopediatra irá avaliar a mobilidade e a forma dos dentinhos para definir a melhor conduta, se extrair ou alterar sua forma para que não atrapalhe a mamada ou tenha risco de ser engolido ou aspirado pelo bebê. Nessa primeira consulta ao odontopediatra, a mãe será orientada sobre a higienização da cavidade bucal do pequeno, e tirará todas as dúvidas sobre o nascimento dos dentinhos e a amamentação.

A partir do nascimento dos ´primeiros dentinhos "de leite", o bebê deve iniciar o acompanhamento preventivo com o dentista odontopediatra, que definirá a periodicidade anual das consultas de acordo com o risco da criança no desenvolvimento de doenças bucais. Nessas consultas, que deverão acontecer até o final da erupção dos dentes permanentes (por volta dos 12 anos de idade), será feita a reavaliação do risco à cárie e outras doenças bucais, a criança será orientada sobre a importanância e as melhores técnicas de higiene bucal, serão feitos limpeza profissional e aplicação de substâncias inibidoras da cárie e será avaliado o desenvolvimento dos dentes e da face, de maneira a  facilitar o desenvolvimento saudável ou a necessidade de interveção com terapias ortodônticas curativas no momento mais favorável para o sucesso.

O acompanhamento preventivo da formação dos dentes, mucosa e face da criança possibilitam ausência de cáries e outras doenças bucais até a vida adulta, pois além da atuação direta do dentista, ocorre o desenvolvimento de hábitos saudáveis que são levados por toda a vida. 


Confidere Odontologia - contato@confidereodonto.com.br
Responsável Técnico: Profa. Dra. Ana Paula G. Pita / CROSP 75.657
Rua Fagundes Filho, 141 - Cj. 68 - CEP: 04304-010 - São Paulo - SP
(11) 5017-4208 • (11) 5083-6409 • (11) 9.8822-2775
desenvolvido por o2ew